ADS

GAKER NO ENTREVISTANDO: GENERAL FALA SOBRE SUA CARREIRA, VIDA PESSOAL E DESENVOLVIMENTOS, CONFIRA!

 
"É uma honra estar na instituição com ela completando tantos anos assim..."
Olá queridos leitores, neste Entrevistando Oficiais nós da Equipe Jornada trazemos um ícone para muitos dentro do Exército Brasileiro e até mesmo para os admiradores da instituição que é o Comandante Gaker que abriu um espaço para nos falar um pouco sobre tudo que vem acontecendo dentro da instituição, sobre seus planos, carreira, desenvolvimentos, momentos bons e difíceis. Acompanhe conosco um pouco sobre o que conseguimos sanar sobre o General.


General-de-Exército - Gaker

--------------------------------------------------------------

1- Gaker, é natural dos novatos e até mesmo Praças veteranos tomar como modelo aqueles que estão no topo da hierarquia. Conte-nos como foi chegar até a patente que está hoje como é comandar o Exército Brasileiro.

Gaker: É natural e acredito que todos devem se espelhar em algum superior, estando ele atualmente ativo ou não. Esse ponto é fundamental para a vontade de buscar os objetivos dentro da instituição, ver alguém que lhe inspira e você podendo crescer igual ela. Acredito que a minha passagem inteira foi gratificante, desde cedo consegui aplicar ideias e projetos e hoje estando aí como comandante, levo como modelo a paixão pela instituição no geral, o que me fez continuar todos esses anos.

2- Acredito que quando chegou ao Comando da instituição já tinha objetivos e inovações em mente, algum desses já foi alcançado ou colocado em prática?

Gaker: Acredito que os objetivos e inovações são realizados com tempo, sou uma pessoa que uso isso a favor, não largo tudo de uma vez. O bom é quando as mudanças acontecem sutilmente e ao olhar para trás percebemos a evolução, dando-se conta que é necessário estar sempre em atividade. Pretendo colocar bastante coisas ainda em prática.

3- A experiência e admiração é algo que conquistamos com o tempo, tudo isso devido a outros que se tornam inspirações para nós, poderia citar algumas, no qual foi alguém que te ajudou aqui na instituição?

Gaker: Bom, tenho um carinho muito grande pelo Alessandro, Pedro e Leonardo, que sempre deram incentivo e me ajudaram bastante neste tempo todo, e claro, a grande parte das pessoas que conheci nestes anos, são pessoas especiais e que de certa forma sempre ajudaram.

4- Gaker, você reprovou em uma das suas Academias e não desistiu, persistiu e conseguiu sucesso na próxima que fez. Você demonstra ser uma pessoa que gosta de trabalhar com muitas pessoas e estar sempre a frente de tudo e todos, como líder. Estar na posição de comandante e liderar não apenas Oficiais mas também um Corpo de Praças que chega atualmente a 60000 alistados, quão grandioso é isso pra você? Tem andado satisfeito com tudo que anda acontecendo?

Gaker: Rapaz, sobre a reprovação, acredito que foi necessário para evoluir. Busco valorizar bem todos que depositam uma confiança e credibilidade, trazendo uma liberdade no trabalho dos Oficiais, um CDO bem descontraído e bom de trabalhar, são grandes militares. Estar na maior instituição da história com esse grande número só mostra a grande evolução que o BR passou a ter, estando sempre no topo como deve ser.


5- Qual momento mais difícil passou na sua cadeira?

Gaker: Bom, difícil definir um momento específico, mas acredito ter sido na reprovação da AMAN. Mas costumo dizer que a própria pessoa se reprova, então foi fundamental para a melhora.

6- Gaker, sabemos que é um ponto difícil e até complicado de se discutir, pois sempre queremos fazer mais é contribuir o máximo possível para com o Exército Brasileiro, mas já cogitou pensar em sua aposentadoria?

Gaker: É uma boa pergunta, pois não poderei ficar aqui para sempre rs. Porém, não penso nisso por enquanto, ainda temos muito o que ajudar no Alto Comando e escolher o próximo comandante também rsrs.

7- Gaker, você nos trouxe dois novos projetos chamados Centro Tecnológico do Exército (CTEx) e a Escola de Aperfeiçoamento dos Oficiais (EsAO), qual a importância desses dois projetos para a instituição?

Gaker: Excelente pergunta. Sobre a CTEx, penso que o próprio Habbo faz com que muitas pessoas desenvolvam habilidades no ramo da web, sendo criada justamente para incentivar os militares que sabem e que buscam algo dentro do Exército, importante para manter o sistema funcionando, inovando etc. Sobre a EsAO, considero a patente de Capitão uma das maiores passagens no CDO, é importante saber rever alguns conceitos. Ter uma Escola para ajustar essas mudanças foram fundamentais.


8- Você já passou por algum momento engraçado dentro da instituição? Conte-nos um pouco sobre essa história.

Gaker: A maior parte dos momentos é engraçado kkkkkkk, já fiz promoção errada e tudo que pensar de zoeira. A gente ri pra não sofrer, mas a real é que a pior de todas foi entrar bêbado no Quartel 4 da manhã e dar os comandos errados, sou zoado até hoje.

9- Como Coronel você recebeu uma Honraria de Ordem Militar do Cruzeiro do Sul como Comendador que é aquela dada aos que ajudaram no desenvolvimento e progresso da maior potência militar do Habbo hotel. Recebeu também a Ordem Militar de Avis como Grã-Cruz que foram onde seu trabalho e presença o dignificam com essa conquista. O que essas honrarias significam pra você atualmente como General-de-Exército e como pessoa?

Gaker: Quando virei Oficial um dos meus maiores objetivos era receber uma Honraria e foi realizado. É realmente ver que seu trabalho ajudou de alguma forma a instituição e que valeu a pena. Hoje em dia espero ver bons militares aí recebendo, quem será o próximo? rsrs.

10- Gaker, qual é a sensação de estar como General-de-Exército no BR no ano em que a instituição completa 10 anos de existência?

Gaker: É uma honra estar na instituição com ela completando tantos anos assim, busco fazer melhor aniversário da história rsrs uma década não é para qualquer um! Aproveito o momento para dizer que vai vir muita coisa nesse final de ano, todos irão curtir.

11- Gaker, desde suas patentes menores, você sempre foi associado ao rapaz do site. Quaisquer problemas que surgissem, cabia a ti corrigir, assim como as inovações que eram mérito seu. Conte-nos: sente orgulho de ter esse vínculo ou acha que seja apenas isso, te incomoda? Se sim, pelo quê gostaria de ser lembrado?

Gaker: Gosto de pensar nessa parte que desenvolvi estando no Exército. Até então nunca havia feito nada na área de sites e sistemas etc. Utilizei da minha vontade de criar para ajudar a instituição num lado diferente, que até então era inexplorado. Me incomoda um pouco algumas pessoas acharem que sou "nerd" por ter me dedicado a trabalhar também nessa parte rsrs, não é minha área. Soube equilibrar bem, consegui desenvolver tanto o Quartel quando a parte externa, sinto orgulho.

12- Como que um Praça pode cativar, chamar sua atenção no verdadeiro sentido?

Gaker: Eu realmente procuro dar atenção a todos, mas por conta dos afazeres é difícil em determinados momentos. Pessoas interessadas e comprometidas me chamam atenção, que não esperam a pergunta para dar a resposta rsrs Mas no geral mesmo, fazendo o trabalho com qualidade e perfeição, pode contar comigo!

13- Fora do Exército e do habbo, qual é o seu hobbie favorito?

Gaker: Hoje em dia ta sendo ir estudar no bar da faculdade rsrs.

14- Se tivesse a oportunidade de conhecer algumas pessoas do jogo na vida real quem seria e por quê?

Gaker: Sempre tive vontade de conhecer o MisterBarney100, um cara gente fina demais e também o ..Maax.. que mora aqui perto mas ainda não tive a oportunidade de ir, fora a galera do conselho e dos oficiais aí que talvez um dia role um encontro.

----------------------------------------------

Caros leitores, caso tenham gostado desta entrevista, a Equipe Jornada quer saber de vocês palpites para o próximo Entrevistando Oficiais, deixem nos comentários quem gostaria de ver aqui e tentaremos trazer tudo sobre a carreira e vida pessoal do mesmo! No Entrevistando Oficiais passado, tivemos tudo sobre a vida e experiência do Primeiro Tenente Alteradona, busque no Diário Brasileiro e saiba tudo sobre esta Oficial. 

2 comentários:

Tecnologia do Blogger.